Nenê Réstio pede a retomada dos cursos de qualificação do CTVP

Vereador ressaltou que há dois anos não há mais turmas de jovens e adultos

Publicado em: 09 de novembro de 2018

Foi aprovado, na 37ª Sessão Ordinária da Câmara de Nova Odessa, um requerimento de autoria do vereador Angelo Roberto Réstio, o Nenê Réstio (MDB), questionando o chefe do Executivo sobre os cursos que eram oferecidos à população no CTVP (Centro de Treinamento e Valorização Profissional) Dr. Atayde Gomes. 
 
Nenê lembrou que a unidade mantinha os cursos através de um convênio com o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), de Americana. E de acordo com informações, não estão sendo oferecidos mais nenhum curso no local, isso porque a Prefeitura não teria mais firmado convênio com o Senai, desde o final de 2015.
 
“Os cursos do CTVP estão parados há quase três anos. Sei que tudo isso tem um custo, mas, conversei com o responsável pelo Senai de Americana e ele me disse que há interesse de retomar estes cursos em Nova Odessa. Em tempos de crise, precisamos combater a baixa qualificação profissional através destes cursos importantes no município, como já tivemos no passado”, disse o parlamentar.
 
Nenê ressaltou que um certificado com a garantia Senai dá credibilidade ao candidato que pleitear uma vaga, com excelente aproveitamento por parte do empregador.
 
O vereador lembrou que eram oferecidos no CTVP os cursos de: Torneiro Mecânico, Modelista de Roupa, Costureiro de Máquina Reta e Overloque, Eletricista e Instalador, Operador de Microcomputador, Operador e Programador de Torno CNC, Assistente Administrativo, Inspetor de Qualidade, Instalador Hidráulico e Desenho de Moda.
 
“Mesmo que a cidade conquistou uma ‘super Etec’ (Escola Técnica Estadual), com uma bela sede própria, que traz cursos profissionalizantes, correspondentes ao Ensino Médio, os mesmos não substituem os cursos que eram oferecidos no CTVP, os projetos têm formatos e objetivos diferentes”, explicou.
 
Em fevereiro de 2013, O CTVP chegou a ter 13 turmas nos períodos da manhã, tarde e noite. Chegou a formar 500 alunos, em outro período formou 300 alunos. Todos em cursos gratuitos.
 
No documento o emedebista questiona o por que os cursos não estão sendo realizados; desde quando a parceria com o Senai foi interrompida; se há possibilidade de se retomar esta parceria com o Senai; quais os cursos já foram ministrados no CTVP e por quanto tempo; quantas pessoas já foram beneficiadas (formadas) com a realização de cursos passados; se há previsão para que os mesmos sejam retomados; e quais as atividades que ocorrem atualmente no prédio.
 
“Acho importante chamarmos o interesse do prefeito Bill (Benjamim Bill Vieira de Souza) para que os jovens e adultos voltem a ter a oportunidade de fazer uma qualificação, em cursos rápidos e totalmente gratuitos”, encerrou Nenê.
 


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email