PSDB faz balanço do primeiro semestre

Vereadores do PSDB fazem um balanço dos primeiros seis meses de atuação no Poder Legislativo.

Publicado em: 16 de julho de 2009

Na última sessão ordinária, deste primeiro semestre do ano legislativo, os vereadores do PSDB fizeram uso da Tribuna Livre para apresentar um breve relato, com um balanço dos trabalhos realizados neste período.

Adriano Lucas Alves comentou que na classificação geral da eleição, foi o 13º vereador eleito, e de acordo com o coeficiente partidário assumiu a última cadeira, ou seja, a 9ª vaga do poder Legislativo de Nova Odessa.

Afirmou que ao iniciar a vereança, tinha como objetivo honrar seu projeto de campanha baseado nas áreas de Educação, Comércio e Esporte, as quais ele tem maior afinidade. Com o andamento dos trabalhos percebeu que deveria ampliar o leque e passou a atuar também, de maneira mais enfática, no Meio Ambiente, Melhor Idade e Saúde.

O vereador lembrou que teve projeto de lei aprovado que proíbe a entrada de pessoas usando capacetes em estabelecimentos públicos e privados, que tem como principal objetivo inibir a ação de marginais em estabelecimentos comerciais, que usam capacete para dificultar a sua identificação.

Comentou de outro projeto de lei de sua autoria, que está em tramitação na Câmara pelas comissões, que amplia a licença-paternidade (após o nascimento de um filho) dos servidores públicos, de cinco para 15 dias, seguindo a proposição apresentada pela senadora Patrícia Saboya (PDT-CE).

Relacionou ainda outros trabalhos como a Creche dos Idosos, que recentemente foi conhecer em Praia Grande, assim como o Promuno (Bolsas de Estudo), o Consaúde (Consórcio Intermunicipal de Saúde) e a instalação de urnas nas farmácias para receber remédios vencidos, que tenta, juntamente com a bancada, sensibilizar o prefeito Manoel Samartin (PDT) para a implantação dos mesmos. “Quero ser lembrado por ser um vereador atuante e não sei se terei outra oportunidade. Tenho que honrar os 507 votos que recebi nas urnas, das pessoas que acreditam no meu trabalho”, finalizou.

Barilon - Na seqüência Vagner Barilon também fez uso da palavra para reforçar que “os seis meses se passaram e não foram em vão”. “Tivemos muito trabalho e nós do PSDB, vereadores de primeiro mandato, queremos dividir nossa história com a história do município”, frisou. Segundo ele, os três parlamentares partem de um grupo de pessoas que trabalhou muito e que no mandato anterior, no Poder Legislativo, não tinha nenhum representante e hoje são três.

Barilon afirmou que a bancada tem uma carga de muita responsabilidade e se compromete a trabalhar ainda mais no segundo semestre, de forma mais efetiva, pois nos primeiros seis meses estavam em um processo maior de aprendizagem. “A Câmara tem se destacado da maneira como tem se posicionado, de forma independente e isenta. Vamos continuar trabalhando muito, fiscalizar, cobrar sempre a Administração e bater nas questões importantes, como a Segurança”, frisou.

O vereador disse ainda que é muito importante somar esforços, à exemplo do que tem visto em relação a vinda de mais uma Seccional para a região. A bancada iniciou um trabalho, mas tem visto o empenho do prefeito, da vice-prefeita Salime Abdo e do deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) com este assunto.

Por último, comentou que é o primeiro portador de necessidades especiais (cadeirante) a participar da Câmara, como vereador, e neste primeiro semestre, de aprendizado como definiu, fez questão de não apresentar nenhum projeto referente a necessidades especiais e inclusão. Porém, já adiantou que vai atuar neste segmento no próximo semestre e somar a outras iniciativas. “Vou dar a minha contribuição como participante do processo”.

Belizário - José Carlos Belizário não fez uso da Tribuna Livre, mas também apresentou seu relato. “Para mim foi uma aprendizagem. Estávamos aprendendo como funciona o cargo de vereador”.

Ele apresentou como ponto positivo a união da bancada, o trabalho em grupo. Ressaltou ainda as visitas que estão fazendo nos bairros, geralmente aos sábados, com o intuito de ouvir os munícipes. E ainda, as reuniões que tiveram com o prefeito e representantes de diversos setores da Administração Municipal. “Desta forma podemos ter um conhecimento melhor de como está a administração da cidade e ao mesmo tempo ouvir as pessoas”, comentou.

“Estávamos plantando sementes, acredito que agora vão começar a surgir os resultados. Estou satisfeito com a vereança e agradeço a Deus e a população. Lembrando sempre que trabalhamos com a população e para a população, com compromisso e transparência”.
 


Publicado por: Marineuza Lira

Cadastre-se e receba notícias em seu email