Câmara recebe a 1º exposição itinerante do Projeto AFIN

A abertura da exposição foi na manhã desta sexta, dia 9

Publicado em: 09 de junho de 2017

Foi marcada de muita emoção a abertura da primeira Exposição Itinerante do “Projeto Afin – Afeto na Infância. Você afinado com seu filho”, que até o dia 23 pode ser vista desde a recepção até o hall do gabinete dos vereadores da Câmara de Nova Odessa. O projeto nasceu de uma iniciativa da juíza de direito Dra Michelli Vieira do Lago Ruestas Changman e, a presidente Carla Lucena (PSDB) fez com que a Câmara fosse parceira nesta causa do afeto na infância. 

 

“Desde que conheci o Projeto no dia do seu lançamento já queria traze-lo para a Câmara. É um assunto de extrema importância. Hoje vemos muitos jovens se perdendo por falta de afeto no momento certo, e isso não tem que ter dinheiro, estudo, ou qualquer outro recurso para saber dar e receber basta olhar para a causa com outros olhos”, comentou a presidente Carla.


Presente na abertura da exposição, a juíza e idealizadora do projeto Dra Michelli explicou os motivos que a levou a abraçar a causa. “Se constrói as bases de uma pessoa na primeira infância, e tudo de bom que puder plantar neste período vai frutificar. Por isso acho que multiplicar este conhecimento é essencial e vocês estão fazendo a sua parte. Se cada um de nós fizermos um pouquinho, conseguiremos mudar a vida de algumas pessoas”, afirmou.


Durante a abertura da exposição todos foram surpreendidos com o depoimento do vereador Elvis Garcia, o Pelé (PSB), que emocionou a todos dizendo que mudou como pai após ouvir alguns depoimentos no lançamento do projeto, em abril. “Percebi o quanto estava sendo distante, por conta das tecnologias, da minha filha que tem três anos. Depois que conheci o projeto, passei a ser mais presente, guardar o celular, brincar de jogos e brincadeiras simples, propostos no site do projeto, e nossa convivência mudou. Agora chego em casa e minha filha vem correndo me abraçar, isso não acontecia antes”, contou.


“Toda transformação positiva na sociedade é muito bem vinda. Temos nos deparado com situações difíceis quando, por falta de afeto, carinho e mais do que tudo, educação na infância, nos deparamos com adolescentes e adultos problemáticos, que não respeitam a lei nem os homens”, comentou o chefe de Gabinete, André Faganello que representou o prefeito Bill, que estava em uma agenda com os deputados Cauê e Vanderlei Macris.


A presidente doou para a juíza os painéis que a Câmara está utilizando durante a exposição para que eles sejam expostos em outros locais e ganhe ainda mais visibilidade. A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andrea Souza, que esteve na abertura da exposição já manifestou interesse em levar o Projeto para uma exposição do Clube da Melhor Idade.


“Trabalhando com a Melhor Idade vemos que muitos avós são os pais de fatos de seus netos, ou acabam sendo a pessoa mais próxima das crianças e é importante que este projeto seja divulgado entre o grupo da Melhor Idade”, comentou Andrea que também parabenizou a juíza pelo projeto.


Também participaram do evento os vereadores Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB) e todos os integrantes da rede de atendimento socioassistencial do Município, representantes da Diretoria de Promoção Social e do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente), além de convidados e funcionários da Câmara.

 

O Projeto
O objetivo do projeto é oferecer aos pais e cuidadores um conteúdo capaz de promover transformações positivas para a educação emocional de suas crianças; despertar interesse na conscientização de pais ou cuidadores sobre os temas levantados; ampliar a rede de ações em prol das crianças e adolescentes, através de parcerias para a realização de exposições; sugerir políticas públicas para os governos e iniciativas para a sociedade civil voltadas para a primeira Infância.


O projeto foi lançado recentemente e conta com uma exposição no Cejusc e o site www.projetoafin.org que disponibiliza textos, vídeos e painéis ilustrados digitais, numa linguagem direta e didática, com conteúdo relacionado à saúde emocional de crianças e adolescentes, com foco na primeira Infância, de 0 a 6 anos. As dicas práticas são baseadas em estudos científicos das áreas de medicina, psicologia e pedagogia sobre como pais e cuidadores podem agir para melhor educar o emocional de suas crianças.


A exposição itinerante conta com 28 painéis pode ser vista na Câmara até o próximo dia 23. Já a exposição permanente acontece no CEJUSC (Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania) de Nova Odessa.

 


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email