Cauê Macris aprova transferir Câmara para o IZ

Presidente da Assembleia Legislativa parabenizou a Carla, Tião e Poneis pela ideia que vai gerar economia de quase R$ 1 milhão

Publicado em: 05 de dezembro de 2017

O Presidente da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), Cauê Macris, aprovou a intenção da presidente da Câmara de Nova Odessa, Carla Lucena (PSDB), e dos demais vereadores da Mesa Diretora, Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), e Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin (PMDB), em transferir o poder Legislativo de Nova Odessa para uma área dentro do Instituto de Zootecnia. Cauê recebeu os novaodessenses na manhã de hoje, em São Paulo.

 

Em uma conversa que durou pouco mais de uma hora, os vereadores apresentaram ao presidente da Assembleia a possibilidade de transferir a sede do Poder Legislativo para um dos prédios IZ.


“A ideia é excelente e, claro, contem com meu apoio. Para o Estado isso é fantástico, é bom para a Câmara, é bom para Nova Odessa, enfim, é bom para todo mundo. Desonera a folha da Câmara que deixa de pagar aluguel, o que gera na economia estimada em R$ 800 mil por legislatura (a cada quatro anos), mantém o prédio do IZ reformado, aproxima população do Instituto, como acontecia antigamente na cidade. Aprovo e apoio esta transferência”, disse Cauê.


Durante a visita o deputado ligou pessoalmente para a doutora Renata Helena Branco Arnandes, Diretora Geral do Instituto, que já havia sinalizado aos vereadores que a ideia de compartilhar o espaço é muito bem vista pela direção do IZ. Cauê entendeu quais as tratativas para que esta transferência fosse realizada e, no que parte do seu apoio, já serão tomadas as providências.


A diretora geral explicou que o IZ tem um prédio de 3 mil metros quadrados ocioso e que já colocou a disposição do Poder Público de Nova Odessa. A transferência da sede do Poder Legislativo para um dos prédios do Instituto visa trazer economia de recursos públicos tanto para a Câmara quanto para o IZ.


Ao final da reunião, Cauê já pediu para que fosse agendada uma data para que ele viesse pessoalmente conhecer a área e conversar com a diretora do Instituto e com os possíveis pesquisadores desta comunidade científica com base em Nova Odessa.


“Desde o início do meu mandato falamos em economia, em apertar e gerenciar de perto os gastos e, sair do aluguel, que por ano nos consome cerca de R$ 200 mil, é bem interessante. Diante disso já iniciamos estudos para que a Câmara possa se instalar no prédio do IZ fazendo um compartilhamento de área, e com este apoio do deputado Cauê acredito que teremos mais força”, finalizou Carla Lucena.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email