Carla visita Etec e sugere a inclusão do curso de Técnico Legislativo

A presidente foi recebida pela diretora e se colocou a disposição para uma futura parceria

Publicado em: 02 de fevereiro de 2018

Na manhã desta sexta-feira, dia 2, a presidente da Câmara, Carla Lucena (PSDB), esteve com a diretora da Etec (Escola Técnica Estadual) de Nova Odessa, Maria Angela Dias, para uma reunião sobre a possibilidade da inclusão do curso técnico de Legislativo, que já é realidade em outras cidades. 

 

“Vemos que os jovens de hoje não são tão interessados na política, acredito que muito seja pelos péssimos exemplos que vemos nos noticiários. Mas, temos que pensar em formar bons cidadãos, cabeças pensantes, jovens engajados, enfim, dar o primeiro passo para isso. Acredito que o curso técnico legislativo formaria uma boa turma. Me coloco à disposição para fazermos uma parceria Etec e Câmara”, disse a presidente da Câmara.


Segundo Carla, o curso é responsável pelo gerenciamento e pelo arquivo de processos e de documentos técnicos, pesquisa informações pertinentes à área legislativa, além de prestar atendimento ao público.


No final de 2017, Carla esteve com a vereadora piracicabana Nancy Thame que encabeça um projeto deste na Câmara de Piracicaba, realizado a partir de convênio de cooperação técnico-educacional com o Centro de Paula Souza/ETEC.


O Centro de Paula Souza/Etec já possui em algumas unidades o curso de Técnico Legislativo. O curso forma profissionais que executam serviços de suporte e apoio técnico-administrativo em Câmaras Municipais e em Comissões Legislativas, bem como pode compor recursos humanos e departamentos administrativos ou jurídicos em empresas de diversas naturezas.


O profissional também pode executar triagem, analisar e elaborar documentos administrativos e legislativos, como correspondências oficiais, processos e contratos, proposições e projetos de lei, nos limites de sua atuação. É responsável pelo gerenciamento e pelo arquivo de processos e de documentos técnicos. Pesquisa informações pertinentes à área Legislativa e presta atendimento ao público.


O mercado de trabalho também é bem amplo, podendo o jovem trabalhar em Câmaras Municipais, comissões legislativas e empresas de diversas naturezas; Assembleias Legislativas; assessoria a parlamentares nos âmbitos federal, estadual e municipal; assessoria a ONGs e empresas em sua interface com os Poderes Legislativos das três esferas da federação.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email