Saúde dobrou os investimentos no 1º quadrimestre de 2018

Cocato afirmou que reduziu despesas e ampliou atendimentos e exames

Publicado em: 29 de maio de 2018

Por mais de três horas o secretário de Saúde de Nova Odessa, Vanderlei Cocato e responsáveis de cada área puderam responder os questionamentos dos vereadores a cada ponto explanado durante a Audiência Pública, realizada na tarde desta terça-feira, dia 29. A sessão aconteceu no plenário da Câmara e foi transmitida ao vivo pelo site do legislativo. Foram investidos em equipamentos, veículos, ampliação e reforma, o total de R$ 161.297,53. No quadrimestre passado havia sido investido pouco mais de R$ 83 mil.



Cocato destacou que houve aumento nos investimentos, na ordem de quase 100%, porém, as despesas da Saúde ainda são muito grandes. “Mesmo assim estamos conseguindo atender de acordo com a demanda, realizar exames, transportar pacientes e fornecer medicamentos”, disse.

 


A despesa total com a Saúde nos quatro primeiros meses deste ano foi de R$ 15.274.950,01, sendo mais de 1 milhão do que no último quadrimestre. “Reduzimos despesas, ampliamos atendimentos, exames e tivemos mais investimento”, afirmou o secretário ressaltando que o repasse fundo a fundo, de convênios Federais, foi de apenas R$ 2.217.700,26.



Os trabalhos foram coordenados pelo vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho do Klavin (PMDB), que é presidente da Comissão Permanente de Saúde e Promoção Social da Câmara. Também estavam presentes na audiência a vereadora e presidente Carla Lucena (PSDB); Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB); Carol Moura (Podemos); Claudio José Schooder, o Leitinho (PSDB); e Antonio Alves Teixeira, o professor Antonio (PT).



O secretário de Saúde abordou vários tópicos relacionados aos atendimentos realizados por setor, por especialidade e também o Pronto Socorro, que concentra os maiores números bem como o número de consultas.



“No ambulatório, nestes primeiros quatro meses do ano atendemos 10.244 pacientes e foram mais de 28.400 exames realizados. Dois mil a mais do que no último quadrimestre”, pontuou Cocato.



As pequenas cirurgias, internações, partos, serviços de odontologia e realização de exames também tiveram seus números relatados. “Brinco que inclusive sempre os partos de menina são maioria em Nova Odessa e, neste quadrimestre foi atípico, tivemos o nascimento de 72 meninos e 56 meninas”, brincou secretário.



Foram abordados dados também dos serviços de ambulância, farmácia e vigilância, bem como os atendimentos e realização de exames fora do município.



Além do secretário, fizeram parte da mesa o diretor técnico do HMNO, Dr. Eduardo Borges; a administradora hospitalar, Adriana Cristina Welsch Ferraz; o enfermeiro da Educação Permanente + Planejamento em Saúde, André Roberto Barros; a enfermeira coordenadora da Atenção de Saúde Básica, Ana Rúbia de Matos; a enfermeira encarregada do Pronto Socorro, Elmícia de Souza; a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Paula Mestriner; o diretor das Vigilâncias em Saúde, Natal Junqueira de Araújo; o encarregado da Vigilância Ambiental, Leôncio Neves Ferreira; o encarregado da Vigilância Sanitária, Jorge Pereira Fagundes; a encarregada da Zoonoses, Paula Faciulli; o coordenador da Central de Ambulâncias, Marcos Santos e a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Maria de Fátima Dalmédico Godoy.



Alguns munícipes presentes puderam fazer seus questionamentos e tiveram as perguntas respondidas pelos responsáveis de cada área.



Metas Fiscais
Já nesta quarta-feira, dia 30, a partir das 9h30, o Setor de Contabilidade da Prefeitura Municipal fará a demonstração e avaliação do cumprimento das Metas Fiscais referentes aos meses de Janeiro, Fevereiro, Março e Abril, ou seja, o primeiro quadrimestre de 2018.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email