Presidente da Câmara estuda implantar Parlamento Jovem em NO

Carla já se reuniu com diretora de escola e presidente do Grêmio Estudantil para fechar detalhes do projeto que deve apresentar em breve

Publicado em: 03 de dezembro de 2018

No final do mês de novembro, a vereadora e presidente da Câmara Carla Lucena (PSDB), esteve reunida com Gesânea Justina Clementino, diretora da Escola Estadual Professora Silvania Aparecida Santos, e Pablo Ruan, presidente do Grêmio Estudantil para conversarem sobre a criação de um Parlamento Jovem. O objetivo do projeto, sonhado pela parlamentar desde que assumiu o Legislativo é potencializar a atuação democrática dos jovens e seu protagonismo político.

“Vejo o quanto os jovens falam que não gostam de política e, consigo entender os motivos. A política como estamos vendo nos noticiários realmente afasta as pessoas, ainda mais os jovens que tem muito mais coisas para ocuparem seu tempo. Se eles realmente entenderem o que é e forem inseridos de maneira agradável, com um parlamento que fala a linguagem deles, estaremos possibilitando a participação destes alunos em uma jornada parlamentar na Câmara Municipal, bem como fazemos com as crianças e idosos”, explicou Carla que desde que assumiu a presidência abriu as portas da Câmara de Nova Odessa.

Neste ano de 2018, a presidente colocou em prática o projeto “Câmara Melhor Idade”, elegendo 9 vereadores mais seus suplentes todos com mais de 60 anos e, retomou o projeto “Vereador Estudante”, que estava parado desde 2014. Entre os estudantes, são 11 vereadores e 11 suplentes, sendo dois representantes dos quintos anos do Ensino Fundamental 1, de cada unidade municipal de ensino. 

“Nos sentimos lisonjeados de poder ajudar na criação deste projeto e agradecemos a vereadora Carla Lucena por ter este olhar tão especial, abrindo o Poder Legislativo da Cidade para todos, crianças, idosos e agora, nossos jovens”, agradeceu a diretora Gesânea.

Já o Parlamento Jovem, que já acontece em algumas Câmaras Municipais, a exemplo de Campinas, é um projeto que deve ser votado em breve e consiste em um programa de formação política que tem por objetivo potencializar a atuação democrática dos jovens e seu protagonismo político com alunos em idade de Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio de escolas públicas e particulares.

“Recebemos a vereadora Carla e, por ser a primeira instituição a receber a presidente e ficar sabendo sobre o novo projeto, nos deus muita expectativa. A reunião foi produtiva demais e agradecemos imensamente. Acredito que precisamos mesmo de jovens críticos engajados na política para a diferença na democracia do nosso país”, finalizou o presidente do Grêmio Estudantil.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email