Defendido convênio com bancos estatais para viabilizar moradias populares

Tiãozinho envia requerimento sobre parceria do município para habitação

Publicado em: 10 de setembro de 2019

O vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho (MDB), teve aprovado na sessão da Câmara de Nova Odessa na segunda-feira (dia 9) requerimento no qual pede informações da Prefeitura sobre a implantação de convênios entre o município e os bancos estatais, como forma de incentivar projetos habitacionais. Principalmente os voltados para a população de menor renda.

Tiãozinho cita que existe um déficit habitacional de famílias novaodessenses que aguardam por moradias populares. “A gente quer saber as possibilidade do Poder Executivo firmar convênio com as instituições bancárias”, explica o vereador. A ideia é firmar convênios com bancos estatais para incentivar os projetos habitacionais dentro do município.

Na semana passada o governador João Doria (PSDB) assinou decreto que regulamenta o programa ‘Nossa Casa’, que prevê R$ 1 bilhão de investimentos para construção de 60 mil moradias até 2022 no Estado de São Paulo. É subsidiada parte do valor do imóvel: para quem ganha até R$ 3 mil, o subsídio é de até R$ 40 mil; e para quem recebe entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, até R$ 10 mil.

O programa não pagará pelos terrenos, que deverão ser doados pelos próprios municípios e cadastrados em um site que está previsto para entrar no ar ainda em setembro. A Secretaria Estadual da Habitação também espera negociar com as prefeituras para que os empreendimentos recebam isenção tributária, como por exemplo, o IPTU, ITBI e ISS. “São todas alternativas válidas”, completa Tiãozinho.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email