Protocolados seis pedidos de recursos no gabinete do presidente da Alesp

Vereador Poneis solicitou recursos ao deputado Cauê Macris para diversas áreas

Publicado em: 04 de dezembro de 2019

O vereador Avelino Xavier Alves, o Poneis (PSDB), esteve nesta segunda-feira (dia 2) no gabinete do presidente da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), deputado Cauê Macris (PSDB), protocolando seis ofícios contendo pedidos de recursos para execução de melhorias em Nova Odessa. Acompanhado da assessora legislativa Rita de Cássia Cheroti Martinhão, Poneis foi recebido pelo chefe de gabinete, Roger Willians, e o assessor Danilo Godoy.

Uma das solicitações é por gestões do deputado junto à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, além do Instituto de Zootecnia de Nova Odessa, objetivando a utilização da área onde funcionava o antigo Laboratório de Inseminação de Suinocultura, ao lado da ponte que liga a antiga Estrada da Cultura à Rodovia Astrônomo Jean Nicolini, pelo Setor de Zoonoses da Prefeitura.

Outro pedido é a destinação de uma unidade móvel do Procon ao município, para aprimorar o trabalho realizado pelo órgão na defesa dos direitos e interesses dos consumidores novaodessenses. Poneis também requer R$ 750 mil para a Prefeitura ampliar a Vila da Melhor Idade, construindo 30 novas unidades do projeto habitacional de moradias populares para idosos de baixa renda.

Em mais ofícios, o parlamentar novaodessense pede R$ 100 mil para a implantação de área de lazer, com parque infantil e Academia da Melhor Idade, no Jardim Eneides, assim como a destinação de um caminhão e 10 kits de segurança aos bombeiros voluntários de Nova Odessa. “O pessoal desenvolve um trabalho excelente e precisa de mais veículos para continuar trabalhando”, defende Poneis.

O vereador ainda pede apoio de Cauê Macris em gestões junto à Caixa Econômica Federal e a Prefeitura para a implantação de Casa Lotérica no Jardim Alvorada. “É a região que mais se desenvolveu, em população e comércios. Precisa desse serviço,” cita Poneis. Em março deste ano, a CEF informou à Câmara que não havia previsão de novas licitações de Unidades Lotéricas na região de Campinas.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email