Vereadora acompanha o ensino remoto oferecido pela Educação

Carol Moura quer saber informações da Prefeitura sobre o “Aprender em Casa”

Publicado em: 24 de junho de 2020

A vereadora Carolina de Oliveira Moura, a Carol Moura (Podemos), encaminhou esta semana à Prefeitura de Nova Odessa um requerimento no qual solicita informações sobre o projeto “Aprender em Casa”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação e disponibilizado como ensino remoto aos mais de 5 mil alunos da rede municipal, em meio à pandemia do novo coronavírus.

A secretária de Educação, Claudicir Brazilino Picolo, organizou o programa para manter os alunos da rede municipal estudando durante a quarentena. O ‘Aprender em Casa’ foi lançado em março, logo após o fechamento das escolas. É realizado por meio de apostilas – cujas atividades são realizadas e devolvidas para correção no sistema drive thru – e um site hospedado na página da Prefeitura.

O programa ganhou destaque na primeira edição da ‘Revista Educação Básica em Foco’, lançada na sexta-feira (19) pela Anpae (Associação Nacional de Política e Administração da Educação). A iniciativa chamou a atenção das pesquisadoras por garantir ensino gratuito de qualidade em meio à crise sanitária. A iniciativa foi desenvolvida por servidores, sem nenhum custo para a Prefeitura.

Carol Moura lembra que em 25 de maio foi iniciada a segunda etapa do ensino remoto com uso de apostilas. A entrega do material impresso aos 5,3 mil alunos da rede municipal é realizada na escola em que a criança estuda. Para levar o novo conteúdo para casa, pais e responsáveis devem devolver resolvidas as atividades distribuídas pela Secretaria de Educação no final do mês anterior.

As novas apostilas trazem conteúdos que seriam ensinados em sala de aula neste bimestre, e os alunos começariam a ser acompanhados pelos professores por telefone. “Eles receberão ‘feedback’ dos exercícios que fizeram na etapa anterior e orientações sobre as novas atividades”, detalha a vereadora. “Queremos acompanhar como estão as ações nesta área no município”, ressalta.

No requerimento, Carol Moura pergunta sobre o percentual de adesão dos alunos ao projeto; quantos retiraram as apostilas e os que devolveram as atividades para correção; se o atendimento telefônico pelos professores está funcionando satisfatoriamente; se haverá férias (recesso) no meio do ano para os estudantes e se tem previsão da retomada das aulas presenciais.

“É um assunto muito sério nesse momento, por não ter perspectivas de voltar as aulas presenciais. Estamos tendo nesse momento uma educação remota, que é não necessariamente um ensino à distância”, completa Carol Moura. Esta semana a Prefeitura de Nova Odessa divulgou que 98% dos estudantes, da creche à EJA (Educação de Jovens e Adultos), têm mantido o aprendizado em dia.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email