Vereador pede curso de Libras a guardas e agentes de trânsito

Tiãozinho solicita à Prefeitura de Nova Odessa o aprendizado em Língua Brasileira de Sinais

Publicado em: 26 de junho de 2020

O vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho (PSDB), encaminhou esta semana à Prefeitura de Nova Odessa um requerimento no qual solicita informações a respeito da possibilidade de implantação de cursos de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para os guardas civis municipais e os agentes de trânsito. Segundo o parlamentar, é uma medida de inclusão e acessibilidade.

A justificativa é que quase um quarto da população brasileira tem pelo menos um tipo de deficiência visual, auditiva, motora ou intelectual, somando um total de 45 milhões de pessoas. O número se aproxima de 20% dos mais de 200 milhões de habitantes do país. A informação consta em Censo oficial do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

“Nesse sentido, toda a sociedade e, especialmente os poderes legalmente constituídos, devem mobilizar-se para garantir a inclusão social das pessoas com deficiência, a fim de torná-las participantes da vida social, econômica e política do país”, explica Tiãozinho. O vereador cita o reconhecimento por lei, em 2002, da Língua Brasileira de Sinais como meio legal de comunicação e expressão.

O vereador argumenta que a legislação estabelece que os órgãos públicos devem garantir o tratamento diferenciado às pessoas surdas, inclusive através de servidores e empregados capacitados para essa função. “É importante termos preparados os funcionários que atuam nas ruas, seja no trânsito ou na segurança pública, para se comunicar com os deficientes auditivos”, completa Tiãozinho.


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email