Câmara sediou debate sobre cobrança de ingresso na Festa das Nações

Vereadores, representantes do Executivo e entidades assistenciais chegaram à conclusão se conseguirem patrocínio para a festa, a entrada será gratuita

Publicado em: 06 de fevereiro de 2018

A primeira sessão ordinária do ano, na última segunda-feira, após o recesso parlamentar, os vereadores retomaram as atividades com uma pauta bem extensa. Logo no início um debate sobre a cobrança de ingresso na Festa das Nações de 2017, convocado através da aprovação do requerimento 493/2017, de autoria do vereador Claudio José Schooder, o Leitinho (PV), tomou as duas primeiras horas regimentais.


Além dos vereadores, participaram do debate o secretário de Governo, Wagner Morais; o diretor de Cultura e Turismo, Cícero Edno; o diretor da Guarda Civil Municipal, Robson Fontes Paulo; e João Zaramelo, presidente da Festa das Nações.


Participaram também representantes das entidades assistenciais participantes da festa, como Carlos Pinotti, da AAANO (Associação Amigos dos Animais de Nova Odessa); Maria Sernaglia, da Comunidade Geriátrica; Orlando Bassi, da Avano (Associação Vicentina Assistencial de Nova Odessa); Cleberson Ferreira do Nascimento, do Lions Club; Carlos Alberto Raugust, da Apnen (Associação dos Portadores de Necessidades Especiais); e Maria Tereza Casassa, da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais).


“Esta oportunidade de estarmos pela primeira vez em um debate na Câmara é muito valioso. A cobrança de ingresso foi a nossa única alternativa para realizar a festa em 2017. Sabemos que há males que vem para o bem, pode ter certeza que agora vamos cobrar parceria dos nobres vereadores para juntos resolvermos os problemas que tivemos no ano passado. A questão de cobrar ou não a entrada neste ano de 2018, não temos como responder ainda, mas se conseguirmos uma verba de cerca de 70 mil reais, com a ajuda dos vereadores, faremos a festa sem cobrança de ingresso”, explicou o presidente Zaramelo.


Para o secretário de governo Wagner Moraes, “o debate é valiosíssimo, a partir daí temos a oportunidade de trazer algumas correções e buscar algumas colaborações para trazer soluções econômicas. Contem com o poder executivo, com a gestão pública da maneira mais transparente possível”, afirmou.


O debate tomou as duas primeiras horas regimentais e, foi seguida da Ordem do Dia. Foi aprovado com oito votos, o Projeto de Resolução 04/2018, de autoria da Mesa Diretora, que institui abono ao dia de serviço na data de aniversário dos servidores públicos da Câmara de Nova Odessa. Os demais projetos da pauta tiveram pedido de vistas.


A sessão ainda contou com uma explicação bem detalhada da enfermeira Paula Mestriner, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, sobre a Febre Amarela. Além de alertar os vereadores sobre a importância de estar atentos aos cuidados, explicou que em Nova Odessa a vacina tem que ser agendada em duas UBSs (Unidade Básica de Saúde), na unidade 1, no Centro às quartas-feiras e; na 5, no Jardim Alvorada, as terças-feiras, sempre no período da manhã, entre às 8 e 10 horas.

 


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email