Câmara aprova o Dia da Conservação do Solo

Projeto de Lei de autoria do vereador Nenê Réstio foi parabenizado pelos parlamentares

Publicado em: 24 de agosto de 2018

Foi aprovado no último dia 20, o Projeto de Lei 28/2018, de autoria do vereador Angelo Roberto Réstio, o Nenê Réstio (MDB), que institui no Calendário Oficial do Município, o Dia da Conservação do Solo.
 
“Este é mais um instrumento que pode ser usado para conscientizar sobre a preservação e conservação do solo. Temos algumas leis importantes, bem como o Código Florestal, mas, com a inclusão de um dia municipal, podemos corroborar para que tenhamos um ganho na área de meio ambiente”, discursou o autor do projeto.
 
Após discutir o projeto, Nenê foi parabenizado pelos demais vereadores. Tiago Lobo (PCdoB) destacou que cuidar do solo também é cuidar da água. “Esta é uma matéria que juntamente com o vereador Vagner Barilon discutimos muito, porque o solo também é o responsável por conservar o lençol freático e, temos que trabalhar isso hoje para que as futuras gerações possam ter esta consciência sobre o assunto”, ressaltou Tiago.
 
O documento destaca que fica instituída a data no Calendário Oficial do Município com o objetivo de desenvolver um pensamento crítico na população sobre a importância da correta utilização do solo, como um recurso natural para a produção de alimentos. Além de combater e conscientizar a população sobre as ações que provocam a poluição do solo.
 
O evento deverá ser comemorado, anualmente, sempre no dia 15 de abril, em alusão ao Dia Nacional da Conservação do Solo.

 


Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email